22 de mar de 2011

História de Curitiba

Os registros públicos contém a história dinâmica de nossa Sociedade.

Contribuindo para a divulgação desses registros históricos, apresento o primeiro casamento oficiado no primeiro cartório de nossa cidade.

O papel deste livro de cem páginas foi produzido pela fábrica de Blanchet Frères et Kleber, em Rives,  França, conforme marcas d'água bem visíveis. Fundada em 1820 produzia papéis de excelente qualidade, como ainda pode ser comprovado por permanecer flexível depois de pelo menos 120 anos. Está bem amarelado, mas não tem manchas de oxidação, apenas manchas resultantes da gordura dos dedos que o manusearam.

O livro foi encadernado originalmente nas oficinas de G. Leuzinger e Filhos, fundada em 1840 no Rio de Janeiro. pelo suiço George Leuzinger, fotógrafo e empreendedor de empresas gráficas, com grande contribuição na fotografia e gravura, também editava livros com qualidade superior.

Passou por uma interferência inadequada, para dizer o mínimo, talvez por volta dos anos setenta, quando a capa original foi substituída, assim como qualquer outro registro de procedência. Graças à boa qualidade do papel, o livro envelheceu com dignidade, não precisando de muita interferência de restauro.


Livro um, de 1890.

A etiqueta do encadernador, possivelmente fazia a pautação das folhas e o corte especial com aplicações das letras do índice. 


Outra etiqueta de um concorrente da época,  Casa Garraux, fundada em 1860,
em São Paulo.


*

Nenhum comentário: